Governo do AM intensifica combate à malária no interior

Governo do AM intensifica combate à malária no interior

Também foi anunciado o envio de ambulâncias, veículos e embarcações a 21 municípios, além de repasses para obras e pagamento de alimentação a servidores da Saúde

O governador Amazonino Mendes fez a entrega, nesta terça-feira (06), de veículos e embarcações para 21 municípios, em evento que aconteceu, no Centro de Convenções Vasco Vasques, na avenida Constantino Nery, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

O governador Amazonino Mendes anunciou nesta terça-feira (6) um pacote de intervenções direcionado ao interior do Estado, envolvendo recursos da ordem de R$ 125,5 milhões para a saúde. Entre as medidas estão a entrega de veículos e embarcações para o combate à malária e de ambulâncias para remoção de pacientes, além de repasses de recursos e investimentos em obras. Os servidores da saúde, da capital e do interior, também serão beneficiados com o pagamento de ticket alimentação.

O pacote de investimentos, segundo Amazonino Mendes, reforça o trabalho de reconstrução do sistema estadual de saúde que vem sendo conduzido pelo Governo do Amazonas, desde outubro do ano passado. “A entrega desses equipamentos soma-se a outras ações implementadas pela atual administração da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), no sentido de conter o avanço dos casos de malária, que cresceram ano passado, no Amazonas”, disse.

As embarcações e veículos que foram entregues serão utilizados no combate à malária em 21 municípios, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato. Ele explicou que as aquisições são referentes às parceria firmada com o Ministério da Saúde (MS), para o Programa de Controle da Malária e de Dengue. “A ação de combate a Malária é apenas uma desse conjunto de ações que nós chamamos de primeira etapa no ano de 2018”, afirmou.

O reforço na logística de transportes, segundo o diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde, Bernardino Albuquerque, é fundamental para os municípios. “Considerando as características geográficas da nossa região, essa entrega de veículos aos municípios é fundamental para o sucesso no controle da Malária. Há municípios onde as equipes de saúde e os agentes de endemias têm dificuldades de chegar. A entrega de embarcações também irá melhorar o acesso das equipes em regiões remotas, assim como as motocicletas e as pick-ups”, ressaltou.

Em queda desde 2005, quando foram registrados 226.413 casos de Malária no Amazonas, a doença voltou a crescer em 2017, com 77.619 casos notificados, um aumento de 58% em relação a 2016, quando foram notificados 49.137 casos.

Para o controle da Malária, foram entregues cinco embarcações de nove metros com motor de popa de 150HP, 19 embarcações de seis metros com motor de 40HP, além de 15 veículos tipo pick-ups e 19 motocicletas, correspondendo ao valor total de R$ 3,2 milhões.

Conforme ele, a parceria com o Ministério da Saúde, que contempla o Programa de Controle da Malária e Dengue, também está focada na erradicação do tipo Falcíparum da malária, considerado o de maior gravidade, apesar de menos incidente.

Como parte do pacote de intervenções anunciadas pelo governador Amazonino Mendes está a entrega de 78 ambulâncias para renovação de pacientes no interior. As ambulâncias, em processo de compra, representam um investimento de R$ 136 milhões. São 55 ambulâncias de suporte básico e 23 de suporte avançado (UTI móvel).

Quantos a recursos, este ano, conforme ressalta Amazonino Mendes, os municípios irão receber aporte de R$ 60 milhões, repassados do Fundo Estadual de Saúde para o Fundo Municipal.

O governo também liberou aproximadamente R$ 6,1 milhões para a conclusão de obras que estavam paradas no interior é que serão entregues ainda este semestre. São elas: UPA de Itacoatiara, Hospital do Careiro Castanho e SPA do Distrito de Santo Antônio do Matupi, em Manicoré. Além disso, o governo está repassando R$ 8,3 milhões para reforma do Hospital de Manacapuru.

Quanto aos servidores da saúde, o governador Amazonino Mendes anunciou que o ticket alimentação, no valor de R$ 220, será pago a partir deste mês a todos os servidores da capital e interior, e não somente para aqueles que recebiam o recurso, que foi cortado em 2016.

O anúncio do pacote de intervenções foi feito em solenidade, que aconteceu nesta terça-feira, no Centro de Convenções Vasco Vasques, bairro Flores, Zona Centro-Sul.

Fonte: Portal A Critica

Foto: Divulgação Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta