’27/05/2019’

Corinthians deve R$ 1,1 bi do seu estádio mesmo cinco anos após inauguração

Corinthians deve R$ 1,1 bi do seu estádio mesmo cinco anos após inauguração

 

O Corinthians está em dia com o pagamento das contas do seu estádio em Itaquera, mas os juros que incidem sobre as parcelas da sua construção fazem a dívida só aumentar. Nesta sexta-feira (10), data em que marca os cinco anos da inauguração da Arena Corinthians, o clube deve cerca de R$ 1,1 bilhão de um estádio que custaria inicialmente R$ 985 milhões.

A Odebrecht precisa receber ainda R$ 650 milhões e o BNDES, R$ 460 milhões. O presidente Andrés Sanchez sabe que há juros e encargos em cima do valor inicial, mas tenta renegociar esses valores. Nas reuniões que tem acontecido entre as duas partes, o Corinthians argumenta que muitas obras prometidas para o estádio não foram feitas. A Odebrecht justifica que as obras não ocorreram porque outras que não estavam programadas foram solicitadas.

Um exemplo de construção fora do projeto inicial é o espaço da imprensa no setor Oeste. Inicialmente, os jornalistas ficariam no quarto andar. No entanto, para não tirar espaço dos torcedores, as cabines foram realocadas para o décimo andar. Prova de que não estava nos planos é que para chegar ao local, os jornalistas precisam passar por um corredor com fiação aparente e ainda sem piso.

Quanto já pagou?

O Corinthians já pagou até agora R$ 306 milhões, cerca de R$ 140 milhões ao financiamento do BNDES e R$ 166 milhões por meio dos CIDs. Esse dinheiro, o clube faz questão de destacar, é separado do que o clube arrecada com venda de jogadores e patrocínios.

Cerca de 75% dos ganhos da bilheteria são destinados para pagar a dívida. O restante vem do que o clube arrecada com a venda de camarotes, do tour no estádio, da academia e do aluguel das lanchonetes. O Corinthians não divulga números financeiros além da bilheteria. E a assessoria de imprensa do clube informou também que ninguém da diretoria falaria com o Estado sobre o assunto.

Fonte: R7.com

Deixe uma resposta