Manaus FC vende rifas em semáforos para pagar salários dos funcionários

Manaus FC vende rifas em semáforos para pagar salários dos funcionários

 

O presidente do Manaus Futebol Clube, Giovanni Silva, e o presidente de honra, Luis Mitoso, realizaram nesta semana uma campanha de vendas de rifas em semáforos na Zona Centro-Sul de Manaus. Com folha salarial do mês de maio atrasada e contabilizada em 160 mil, a diretoria do clube tomou a medida “desesperada” para pagar os funcionários do clube da capital.

As rifas têm o valor unitário de R$ 10 e está oferecendo vários prêmios, sendo uma Smart TVs, de 40 e 32 polegadas e um ar-condicionado split. Os outros sete produtos ainda não foram divulgados.

“Como todo mundo sabe a folha (de pagamento) do mês passado está atrasada e vai vencer essa outra folha, do dia 10 de julho. A gente não sabe até quando vamos suportar toda essa pressão. No meio do desespero, a gente teve que fazer algo para arrecadar dinheiro. Se Deus quiser, vamos alcançar este objetivo, levantar o salário e pagar todo mundo”, disse o Giovanni Silva, presidente do Gavião do Norte.

O presidente disse que as metas que devem ser alcançadas até o sorteio, que será realizado no último confronto da fase de grupos, na tarde deste domingo (9), no estádio Ismael Benigno, conhecido como Colina.

“Fizemos dois lotes de 2.500 cifras, que vai chegar ao total de R$ 25 mil, mas nós temos as despesas com os prêmios que vão de R$ 6 mil a R$ 9 mil. Fizemos também outro lote de 2.500 rifas, não sabemos se vamos conseguir vender. Mas no total esperamos conseguir os R$ 50 mil até o dia do jogo”, disse Giovanni.

Em grande momento na temporada, o time esmeraldino além de encontra-se 18 jogos sem perder, conquistando a maior invencibilidade do Brasil, também é o líder do grupo A2, da série D, do Campeonato Brasileiro. No entanto, o fator financeiro aos poucos vai refletindo no grupo, pois a equipe perdeu seu camisa 10, Rossini, devido a falta de pagamento.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta