MPAM interdita temporariamente supermercado na Av. Umberto Calderaro Filho

MPAM interdita temporariamente supermercado na Av. Umberto Calderaro Filho

Durante ação promovida, na manhã desta quinta-feira (13/06), pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da 51a. Promotoria de Defesa do Consumidor (Prodecon), com a presença do PROCON Manaus, PROCON Amazonas, Agência de Defesa Agropecuária e Florestal ADAF), Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus), Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem) e Corpo de Bombeiros, o supermercado localizado na Av. Umberto Calderaro Filho foi interditado para que os Promotores de Justiça e os Fiscais de Saúde pudessem analisar outros produtos.

Em avaliação prévia, a ação detectou a comercialização de carne com validade vencida e frios mal conservados e sem condições de consumo.

“Há um grave ataque à saúde da população por isso estamos realizando esta interdição temporária com a participação de vários órgãos para avaliar de forma mais intensa os produtos comercializados aqui”, disse o Promotor Otávio Gomes.

Deixe uma resposta