’22/07/2019’

Petrobras vende o gasoduto de Urucu

Petrobras vende o gasoduto de Urucu

A maior transportadora de gás natural do Brasil, a TAG, teve 90% de sua estrutura e administração vendidas pela Petrobras, na quinta-feira (13), incluindo o gasoduto Coari-Manaus, por onde escoa o gás natural da base da Petrobras de Coari (a 363 quilômetros a oeste de Manaus). A negociação foi confirmada por comunicado oficial da Engie, empresa privada de energia, numa operação de R$ 31,5 bilhões.

A TAG possui uma malha de gasodutos com aproximadamente 4,5 mil km, localizada no litoral das regiões Sudeste e Nordeste, além do tercho de Urucu a Manaus, na Região Norte. A malha conta ainda com 12 instalações de compressão de gás (seis próprias e seis subcontratadas) e 91 pontos de entrega.

Um valor de R$ 2 bilhões foi pago e será usado pela TAG para pagar com antecedência a totalidade da dívida com o BNDES. A aquisição foi financiada através de títulos e dívidas. A alavancagem foi de aproximadamente 70% e foi estruturada através de dez parceiros financeiros. A Petrobras, vendedora da transportadora de gás, permanece com uma participação de 10% na companhia.

“Além de ser um marco na história de 23 anos da ENGIE no Brasil, a aquisição possibilita um rápido crescimento no país com novas fontes de receitas em uma nova linha de negócios, garantindo a sustentabilidade do grupo no longo prazo”, comemorou Maurício Bähr, CEO da Engie Brasil. A aquisição da TAG está em linha com a meta da Engie de obter receitas de ativos de setores regulados – como o de gasodutos – e com contratos de longo prazo.

A operação também teve como parceiro um fundo de pensão canadense, o ‘Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ)’, um investidor institucional de longo prazo que faz gestão de recursos principalmente para fundos de pensão e o setor de seguros.

A Engie possui e opera mais de 37 mil km de gasodutos no mundo, em especial na França, bem como no México, Chile e Argentina. Além disso, o grupo possui participação em cinco terminais de regaseificação, 22 unidades de estocagem de gás e 20 distribuidoras de gás natural, atendendo cerca de 15 milhões de consumidores.

A negociação se aplica apenas ao gasoduto de Coari. A base petroleira de produção e exploração de petróleo e gás, no município e em Carauari (a 788 quilômetros a oeste de Manaus) continua sob controle e administração da Petrobras.

Deixe uma resposta