’15/12/2019’

Professora da UEA desenvolve aplicativo para aprendizagem acessível

Professora da UEA desenvolve aplicativo para aprendizagem acessível

Modelo atende à demanda de estudantes com deficiência auditiva da Escola Superior de Tecnologia

O desenvolvimento de um aplicativo de dispositivos móveis voltado à acessibilidade de pessoas com deficiência auditiva se tornou fruto da tese de Doutorado da professora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Andreza Bastos Mourão. O estudo teve foco no desenvolvimento de um Modelo Inclusivo de Objetos de Aprendizagem Acessível (Midoaa), sob a orientação do professor Dr. José Francisco de Magalhães Netto, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O modelo foi concebido para atender à demanda de estudantes com deficiência auditiva e para motivar professores, técnicos e o público acadêmico da Escola Superior de Tecnologia (EST), por meio de um processo com base nas abordagens pedagógicas e computacionais. Segundo Andreza, o direcionamento determinante para a tese de doutorado foi identificado por meio de pesquisa na EST, inicialmente com alunos dos cursos de Computação.

“A pesquisa foi realizada com alunos matriculados no curso de Sistema de Informação que testaram o aplicativo. Entre eles havia um estudante com deficiência auditiva”, enfatiza a pesquisadora.

Mourão desenvolve objetos de aprendizagem desde 2016 e, com apoio da coordenação e professores, a aplicação deste estudo de caso específico na Universidade visa a validação do Midoaa e a promoção de politicas inclusivas na UEA.

“O modelo é uma contribuição do doutorado para a educação inclusiva e também para incentivar professores da Universidade a trabalhar recursos educacionais voltadas aos estudantes com as mais diversas deficiências”, destaca.

Aplicativo Midoaa – Em todas as telas do projeto foi inserido um personagem animado que narra o conteúdo da tela em Libras. O Midoaa é compatível com dispositivos móveis Android ou iOS, executado por meio do aplicativo Class Player. Para rodar, basta instalar o aplicativo Class Player, disponível nos catálogos da Play Store (Android) e App Store (iOS), abrir o app, tocar em ‘Senha’ e digitar: Midoaa. Os alunos com deficiência auditiva do curso de Computação podem acessar as plataformas para aprendizagem.

Deixe uma resposta