Campanha estimula denúncias contra violência infantil no AM

You are currently viewing Campanha estimula denúncias contra violência infantil no AM
A iniciativa foi criada para alertar a sociedade sobre a importância do compromisso com a proteção dos direitos da criança. (Foto: Reprodução/Internet)

MANAUS – Uma campanha para incentivar a denúncia de crimes de violência contra as crianças e adolescentes, foi lançada nesta quinta-feira, 4, nas redes sociais da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM).

A iniciativa foi baseada no “Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão”, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), há 38 anos, para alertar a sociedade sobre a importância do compromisso com a proteção dos direitos da criança.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), apenas em 2019, foram registrados 813 casos de violência contra menores em todo o Estado, sendo que em 2018, esse número foi maior, alcançando 879 registros.

Dentre a natureza das ocorrências, o que mais chama a atenção são os dados relacionados a estupro de vulnerável. Ano passado, foram 358 casos, envolvendo crianças de 0 a 11 anos de idade na capital e 64, no interior, totalizando 422 casos.

O presidente da Comissão de Promoção e Defesa das Crianças, Adolescentes e Jovens (CPDCAJ), da ALE/AM, Álvaro Campelo (PP), ressalta que a cada 24 horas, 320 crianças e adolescentes sofrem algum tipo de abuso ou violência no Brasil.

“Proteger as crianças e adolescentes é uma tarefa primordial dos pais, mas não é exclusiva. Parentes, comunidade, educadores, governantes, enfim, a sociedade como um todo também precisa agir. Ninguém pode ficar omisso diante desse flagelo social, que faz vítimas todos os dias, principalmente, nos municípios mais distantes da capital. O mais chocante é que a maioria dos casos acontece dentro da própria casa e grande parte dos abusadores pertence à família da vítima”, afirmou o parlamentar.

Como denunciar?

Denúncias sobre violência (sexual, física, psicológica e moral), prostituição infantil, abandono de incapaz, dentre outras violações, podem ser denunciadas à CPDCAJ da ALE/AM pelo Whatsapp (92) 99111-0112 ou pelo e-mail com.caj@aleam.gov.br, ou presencialmente no 5º andar da Assembleia Legislativa. A comissão garante o sigilo do denunciante, e ressalta que em breve, retornará com as atividades presenciais.

Deixe uma resposta