Equipe de Jornalistas é agredida no AM

Equipe de Jornalistas é agredida no AM

Infelizmente uma equipe foi agredida por este homem no momento do exercício da profissão.

O repórter da TV A Crítica Mário César Filho, 29, e o cinegrafista Antônio Domingos, 59, foram agredidos na manhã desta quarta-feira (14), em Manaus, por um homem identificado como Antoniel Paes de Melo, 25, enquanto produziam uma reportagem na rua Seis, do bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com o jornalista Mário César, o agressor destruiu a câmera filmadora da equipe usando um pedaço de madeira perna-manca, discutiu e ainda atingiu com socos os repórteres durante a cobertura de um acidente e briga de trânsito.

Ele explicou que, por volta das 10h, a equipe chegou a uma loja de materiais de construção para contar o caso de um assalto ocorrido por lá dias atrás. Antes mesmo de finalizar a matéria, os repórteres ouviram o grito de moradores da área, informando que havia ocorrido um acidente de trânsito.

“Quando chegamos ao local, os moradores haviam contado que uma mulher que dirigia um carro colidiu na lateral de um outro veículo, que estava estacionado. Foi então que flagramos a motorista fugindo do local. Minutos depois, encontramos o proprietário do carro atingido conversando com algumas pessoas. A partir daí, a confusão começou”, afirmou.

Mário explicou que o agressor é amigo da motorista. Durante a gravação do depoimento da vítima que teve o carro danificado, Antoniel disse que não queria ser gravado e logo atingiu com um tapa na câmera do cinegrafista.

“Os vizinhos disseram que o grupo de amigos havia bebido a noite toda e a moça que dirigia o carro também tinha ingerido bebida alcoólica. Quando ele partiu pra cima do cinegrafista, logo percebemos o perigo. Não satisfeito, ele ainda pegou um pedaço de madeira destruiu a câmera do Domingos”, contou.

O suspeito fugiu do local após a agressão. O jornalista, junto com a equipe registrou o caso no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Conforme a assessoria de comunicação da Polícia Civil, as equipes de segurança, como Polícias Militar e Civil, já estão na busca do suspeito.

Conforme o soldado Gurgel, da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a polícia procurou Antoniel na casa onde mora, na Rua 6, mas ele não estava lá. No quarto do suspeito, a polícia encontrou duas cápsulas de munições calibre 16 e 32 deflagradas.

Sindicato dos Jornalistas

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM), filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), em nome da categoria, enviou à TV A Crítica solidariedade pela agressão sofrida por uma equipe da emissora durante o exercício legal da profissão.

“Sabemos que nossa atividade está sujeita a situações de perigo, mas repudiamoso uso da violência por qualquer pessoa como tentativa de obstruir a captação da verdade e sua correta exposição. Aos profissionais que sofreram a agressão reiteramos nosso apoio e incentivo de que não desistam de cumprir sua importante missão jornalística dentro da sociedade”.

Fotos e vídeo foram divulgados e mostram o momento da ação lamentável.

 

Fonte: A Critica

Foto: Divulgação Internet

 

Deixe uma resposta