TSE será rigoroso com propaganda eleitoral antecipada

TSE será rigoroso com propaganda eleitoral antecipada

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ganhou um perfil mais rigoroso na observância das regras das disputas políticas desde dezembro do ano passado, quando os ministros decidiram que não era propaganda antecipada o que já vinham fazendo Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).

É que agora o time da corte mudou quase 50% dos seus membros. Chegaram os ministros Luís Roberto Barroso e antes da eleição de outubro Edson Fachin e Og Fernandes deixam o banco de reservas para se tornarem efetivos, e com perfis de rigorosos.

No início deste mês, Og mandou retirar das ruas outdoor com a mensagem “o sertão de Pajeú com Bolsonaro e Joel da Harpa”.

O desafio do TSE é definir quando a propaganda é antecipada, sem permitir que os limites da atividade partidária sejam ultrapassados, mas também sem amordaçar os pré-candidatos.

A atuação dos ministros do governo federal, por exemplo, é uma das preocupações do TSE. Eles não podem parar, mas não podem abusar extraindo dividendos eleitorais.

Leia mais no Estadão/Notícias ao Minuto.

Fonte: BNC Amazonas

Foto: Reprodução/TSE via BNC Amazonas

Deixe uma resposta