Bebê morre e pais são denunciados por suspeita de maus-tratos

Bebê morre e pais são denunciados por suspeita de maus-tratos

Uma menina de sete meses morreu na segunda-feira (2), dias após ser internada no Hospital Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste de Manaus. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a morte foi causada por um traumatismo craniano. Os pais da criança foram denunciados ao Conselho Tutelar por suspeita de maus-tratos. A Polícia Civil investiga o caso.

A mãe da criança, Rafaela Barbosa da Silva, de 19 anos, relatou ao G1 que a menina sofreu duas quedas nos dias 7 e 8 de março, mas que somente alguns dias depois apresentou sintomas.

“Ela estava deitada na cama e foi se empurrando com o pé quando caiu de costa. A outra vez ela também caiu da cama, que é baixa. Ela caiu de cabeça, mas não ficou hematoma. Quando foi no dia 25, do nada, 23h30 ela começou a virar os olhos. A gente foi para o hospital e, no caminho, o coração dela parou. Ela chegou roxa no hospital. Aí levaram ela para a reanimação”, disse Rafaela.

Ainda segundo a mãe, no dia 27 de março, dois dias após dar entrada na unidade, os médicos comunicaram que a criança foi diagnosticada com morte cerebral. Entretanto, os pais optaram por não desligar os aparelhos ligados ao bebê.

Profissionais da unidade denunciaram o caso ao Conselho Tutelar da Zona Leste 1 por suspeita de maus-tratos. O G1 tentou contato com a conselheira, mas as ligações não foram atendidas.

Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP) pela mãe da vítima.

“O caso foi registrado no 9º DIP como lesão corporal seguido de morte. As investigações em torno da ocorrência seguem em andamento pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde os pais da vítima irão prestar esclarecimentos acerca do caso”, informou nota da Polícia Civil.

Fonte: G1 Amazonas

Deixe uma resposta