Funcionários do Ipaam são presos por tentar dar golpe de R$ 200 mil em empresária

Funcionários do Ipaam são presos por tentar dar golpe de R$ 200 mil em empresária
Foto: Jander Robson

Após tentar dar um golpe de R$ 200 mil em uma empresária do ramo de concretos, a dupla de funcionários do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) foi presa nesta segunda-feira (10), em Manaus, pela Polícia Civil do Amazonas. Franklin Ramos da Silva, 39, fiscal analista do Ipaam, e Uziel Sevalho da Silva, 58, assistente técnico, já vinham sendo investigados há uma semana, desde quando foram denunciados pela própria empresária vítima do esquema.

Os fiscais alegavam que a empresa seria multada em  R$ 200 mil por compra de areia de fornecedores irregulares, caso não pagasse a propina  de R$ 5 mil, mesmo possuindo documentação e licenças necessárias para funcionar. Os investigadores do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP) deram voz de prisão à dupla no momento em que o dinheiro seria entregue.

Em nota, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informou que tomou conhecimento das prisões e já afastou das funções os dois funcionários. Um processo administrativo para apurar os fatos também foi aberto. “O Ipaam reitera o compromisso junto à sociedade amazonense com a transparência de suas atividades”, finalizou o órgão.

Deixe uma resposta