‘O Estado está à disposição do Ministério Público, vamos fortalecer as ações’, diz governador eleito durante posse de nova procuradora.

‘O Estado está à disposição do Ministério Público, vamos  fortalecer as ações’, diz governador eleito durante posse de nova procuradora.
Foto: Divulgação

O governador eleito Wilson Lima participou nesta sexta-feira (21/12) da cerimônia de posse da nova procuradora do Ministério Público do Amazonas, Sílvia Abdala Tuma.

A cerimônia foi realizada no auditório do Ministério Público do Amazonas e contou com a presença de outras autoridades municipais, estaduais e federais.

Foto: Divulgação

 

A promotora Sílvia Tuma foi promovida, por merecimento, à procuradora de Justiça do Ministério Público do Amazonas depois de disputar a função com 15 concorrentes. Ela foi à final na lista tríplice escolhida pelo conselho superior do Ministério Público do Estado.

Ela é formada em Direito pela UFAM (1987), ingressou no Ministério Público do Estado do Amazonas em 1989 como Promotora de Justiça Substituta. No interior, atuou na Comarca de Itacoatiara, foi promovida para a Capital em 1994, atuando junto à 5a Vara Criminal. Atualmente atuava como titular da 32ª Promotoria de Justiça com atuação junto à 1ª Vara de Família. É especializada em Direito Processual Civil e em Direito Ambiental (UFAM).

A nova procuradora vai ocupar vaga deixada há mais de um ano pelo procurador Hamilton Saraiva, promovido a desembargador do Tribunal de Justiça.

Em discurso, durante a cerimônia de posse, Silvia Tuma reafirmou o compromisso de continuar trabalhando para fortalecer as ações do MP/AM.

A Procuradora-Geral de Justiça do Estado do Amazonas, Leda Mara Nascimento Albuquerque, destacou a importância do trabalho dos promotores e procuradores na defesa dos direitos coletivos e sociais.

O governador eleito Wilson Lima colocou o Estado à disposição do Ministério Público e disse que pretende fortalecer a relação. Membros da equipe de transição já estão reunindo com integrantes do Ministério Público para alinhar procedimentos de trabalho.

“É uma instituição que tem sua independência, que o Governo do Estado já tem uma relação, e nós vamos fortalecer isso. Pra que agente possa dar as respostas que o cidadão precisa. Eu vim aqui para estreitar esses laços e colocar o Estado do Amazonas à disposição do que o Ministério Público precisar”.

Na ocasião, o governador eleito falou sobre o critério de escolha do secretariado. Novos nomes foram anunciados nesta sexta-feira.

“Nós estamos sendo muito criteriosos, fazendo a escolha como tem que ser, com muita cautela, colocando nessas secretarias as pessoas com qualificação pra isso, pessoas que tenham o devido comprometimento e que possam contribuir com muito trabalho para o desenvolvimento do Estado”.

Deixe uma resposta