Coronel da PM é encontrado morto e sua mulher confessa o crime

Coronel da PM é encontrado morto e sua mulher confessa o crime

 

O Coronel da Polícia Militar, Sílvio Gomes Ribeiro, foi encontrado morto dentro de sua casa em Florianópolis, Santa Catarina.

A mulher dele foi detida e confessou ter matado o marido. Ela foi presa em flagrante e, em depoimento, alegou legítima defesa. O depoimento foi colhido pela delegada Salete Mariano Teixeira, da Delegacia de Homicídios, após o crime que ocorreu na quarta-feira (22).

De acordo com a Polícia Civil, no depoimento, a mulher contou ter usado um haltere para se defender: ela teria sido ameaçada ao tentar evitar um ato de suicídio do coronel.
Conforme a polícia, o laudo preliminar do Instituto Geral de Perícias (IGP) indica que os cortes no pescoço e pulso da vítima foram provocados após o óbito. A delegada deve ouvir outras testemunhas.
Ribeiro tinha 54 anos e encerrou a carreira em 2014, conforme a PM, quando era o comandante do 21º Batalhão, no Norte da Ilha. O coronel era pai de cinco filhos e trabalhou por mais de 30 anos na Polícia Militar catarinense. Em nota, a corporação lamentou a morte.

Deixe uma resposta