Wilson Lima encerra contrato com empresa gestora do Compaj

Wilson Lima encerra contrato com empresa gestora do Compaj

 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou na tarde de terça-feira (28) o encerramento do contrato com a empresa Umanizzare para a gestão do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que fica localizado no Km 8 da BR-174. A unidade prisional foi palco de 19 dos 55 assassinatos de detentos, ocorridos entre o último domingo (26) e a segunda-feira (27), em quatro presídios de Manaus.

O governador disse que o contrato vai vencer neste sábado, 1º de junho, e que a partir de ontem começou um processo de cotação de preços para a contratação de uma nova empresa (ou mais de uma, se necessário) para administrar a unidade prisional. O Compaj também foi cenário da maior rebelião registrada no Estado, no dia 1º de janeiro de 2017, quando 56 detentos foram  executados.

Ainda segundo Wilson Lima, desde o início desse ano, o Estado trabalha na formatação de uma licitação para que empresas sejam contratadas para administrar o sistema prisional do Amazonas. “Isso leva tempo. Há um processo de transição pelo qual a gente começa a entrar agora, para que haja a substituição dessa empresa (Umanizzare) lá no Compaj, e aí, consequentemente, haja a efetiva licitação desse processo”, disse o governador durante coletiva à imprensa, na tarde dessa terça-feira, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro Aleixo, zona centro-sul da capital.

Com informações da assessoria

Deixe uma resposta