Autor de latrocínio de cabeleireiro ocorrido no bairro Colônia Terra Nova, é preso em Parintins

Autor de latrocínio de cabeleireiro ocorrido no bairro Colônia Terra Nova, é preso em Parintins

Os policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando dos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da unidade policial, cumpriram na manhã de ontem 11, por volta das 7h, mandado de prisão preventiva por latrocínio em nome de Celso Santarém Souza Júnior, 26 anos.

O homem é apontado como autor de latrocínio que teve como vítima o cabeleireiro e proprietário de um salão na capital, Augusto Figueiredo dos Santos, que era conhecido como “Pati Santos” e tinha 37 anos

O crime ocorreu na noite do dia 29 de março deste ano, por volta das 23h50, na casa de Augusto situada na segunda etapa do bairro Colônia Terra Nova. Nas investigações, as equipes descobriram que Celso estava em Parintins, na casa de familiares. Na manhã de ontem 11, por volta das 7 h, Celso foi preso no município, distante 369 km de Manaus. A ordem judicial foi expedida no dia 10 de maio deste ano, pela juíza Margareth Rose Cruz, da 4ª Vara Criminal.

De acordo com o titular da Derfd, o infrator mantinha relações sexuais com a vítima há 5 anos. Na noite do crime, os dois tiveram uma discussão porque, segundo Celso, a vítima teria prometido uma quantia em dinheiro para ele, mas não cumpriu com o prometido ponto na ocasião, o infrator iniciou uma discussão com a vítima, que foi morta por esganadura. “Paty Santos” ainda foi amordaçada e teve as pernas e mãos amarradas.

Da casa da vítima o infrator levou o aparelho celular dela, aonde perfumes da vítima que, posteriormente, trocou por entorpecentes. De acordo com Torres, ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM), onde deverá ficar à disposição da justiça.

Deixe uma resposta