Brasil perde para a Austrália de virada na Copa do Mundo Feminina

Brasil perde para a Austrália de virada na Copa do Mundo Feminina

 A Seleção Brasileira feminina foi derrotada por 3 a 2 pela Austrália nesta quinta-feira (13), em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. O Brasil chegou a abrir 2 a 0, com gols de Marta e Cristiane, mas sofreu a virada. As australianas marcaram com Foord, Logarzo e Mônica (contra).

Apesar da derrota, o Brasil ainda segue na liderança da chave, com três pontos e saldo dois — as australianas, com o mesmo número de pontos, têm saldo zero. A Itália, com três pontos e saldo um, enfrenta a Jamaica nesta sexta-feira (14), às 13h, em jogo que completa a segunda rodada do Grupo B.

O Brasil vai encerrar sua participação na fase de grupos da Copa do Mundo diante da Itália na próxima terça-feira (18), às 16h. O técnico Vadão não poderá contar com Formiga,  suspensa com dois amarelos. No mesmo dia e horário, a Austrália encara a Jamaica.

O jogo

Após golear a Jamaica por 3 a 0 na estreia, o Brasil ganhou o reforço da rainha Marta para enfrentar a Austrália. Principal favorita da chave, a seleção australiana estreou perdendo para a Itália e precisava de recuperação no Mundial. Em razão disso, começou tendo a iniciativa do jogo.

Nos primeiros minutos, a blitz da Austrália impediu o Brasil de sair do seu campo. Aos poucos, porém, a Seleção Brasileira foi encontrando espaços. A ideia do técnico Vadão era clara de ter Marta acionando a velocidade de Andressa Alves e Debinha para iniciar os contra-ataques.

O time brasileiro levou um susto aos 19 minutos. Após bola perdida por Letícia, Yallop caiu na área brasileira na disputa com Thaísa. O lance foi checado pelo VAR, mas a árbitra Esther Staubli acabou vendo o toque de mão da australiana no começo da jogada e marcou falta a favor do Brasil.

 O susto fez bem à Seleção Brasileira, que logo foi ao ataque com Tamires. A lateral cruzou para Letícia Santos, que caiu na área na disputa com Kellond-Knight: pênalti. Coube a Marta fazer a cobrança. A melhor jogadora do mundo usou toda sua categoria para deslocar Williams e colocar o Brasil em vantagem aos 26: 1 a 0.

Atrás no placar, a Austrália se expôs ainda mais em busca da virada e não demorou para o Brasil ampliar. O segundo gol veio em uma grande jogada aos 37. O lance começou com uma caneta de Tamires em Gielnik. Ela tocou para Debinha, que cruzou na medida para Cristiane. A centroavante brasileira testou com força para ampliar.

O primeiro tempo se encaminhava com uma grande vantagem do Brasil para o intervalo, mas um erro de marcação nos acréscimos custou caro. Após cruzamento do lado esquerdo, Logarzo conseguiu dar a “casquinha” para Foord, que desviou para descontar: 2 a 1.

O Brasil voltou para a etapa final sem duas de suas principais jogadoras. Marta e Formiga foram substituídas por Ludmila e Luana. O time, claro, sentiu a ausência delas.

A Seleção Brasileira até teve chance para ampliar logo no começo do segundo tempo. E foi mais uma jogada com caneta. Debinha tocou entre as pernas de Yaloop, invadiu a área e chutou procurando o ângulo, mas mandou para fora.

Como no primeiro tempo, a Austrália seguia com maior iniciativa do jogo. Aos 12, a seleção australiana chegou ao empate em um lance que contou com um pouco de sorte. Yaloop cruzou, a bola passou por todo mundo e acabou enganando a goleira Bárbara: 2 a 2.

O empate fez o jogo ficar mais aberto com as duas equipes procurando o gol. Melhor para a Austrália, que conseguiu a virada. Após um lançamento longo, Mônica tentou cortar e acabou marcando contra: 3 a 2.

O Brasil sentiu o gol da virada e não teve reação. O técnico Vadão tentou uma última mudança no ataque com a entrada de Bia no lugar de Cristiane. Sem a artilheira brasileira no Mundial, a Seleção pouco criou nos minutos finais e acabou mesmo derrotada pela Austrália. O Brasil agora vai tentar a classificação na última rodada diante da Itália.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta