David Almeida diz que não tem ligação com investigação do MP-AM

David Almeida diz que não tem ligação com investigação do MP-AM

Em pronunciamento por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa, o ex-governador interino do Amazonas, David Almeida (Avante), alegou não ter envolvimento algum com a Operação Bilhete Premiado, deflagrada na manhã desta terça-feira (18), pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

Segundo o MP-AM, o ex-superintendente da Secretaria de Estado de Habitação (Suhab) e o advogado José Júlio César Corrêa estão envolvidos numa tentativa de desviar R$ 5 bilhões, na época em que Almeida estava à frente interinamente do comando do Estado.

Na nota, David Almeida afirma que não é alvo das investigações e que é o principal interessado na verdade dos fatos. Ele explica que a Suhab é uma autarquia com personalidade jurídica própria, inclusive com procuradoria autárquica própria. Ela, portanto, tem autonomia administrativa e todos os atos são gerenciados e autorizados pelo gestor, o ordenador de despesas.

Na ocasião ele ainda destacou que apoia as investigações do MP-AM a respeito do caso na Suhab, e espera que seja dada a ampla defesa aos investigados.

Deixe uma resposta