’06/12/2019’

Após deixarem tratado com a Rússia, EUA testam míssil em ilha

Após deixarem tratado com a Rússia, EUA testam míssil em ilha

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (19) terem feito um teste com um míssil de cruzeiro na ilha San Nicolas, na Califórnia, poucas semanas depois de deixarem oficialmente o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), assinado com a Rússia.

Em comunicado, o Pentágono informou ter feito o teste de voo de “um míssil de cruzeiro configurado convencionalmente e lançado em terra” no domingo, às 14h30 (horário local; 18h30 de Brasília).

“O míssil saiu de sua plataforma de lançamento móvel em terra e atingiu de forma precisa seu alvo após mais de 500 quilômetros de voo”, acrescenta a nota.

O Pentágono ressaltou que “os dados coletados e as lições aprendidas com o teste darão informações ao Departamento de Defesa sobre as capacidades futuras do médio alcance”.

Se os EUA estivessem no INF, o teste violaria as regras, já que o projétil lançado percorreu mais de 500 quilômetros de distância até atingir o alvo. Este foi o primeiro teste do tipo desde que os EUA formalizaram a saída do acordo, em 2 de agosto.

O tratado assinado em 1987 previa a destruição, por parte de EUA e Rússia, dos mísseis balísticos e de cruzeiro lançados em terra, de curto e médio alcance – ou seja, com alcance de 500 a 5.500 quilômetros.

No início deste mês, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, anunciou a retirada dos EUA do tratado, seis meses depois de o país denunciar que a Rússia o descumpria ao desenvolver, por anos, o míssil de cruzeiro Novator 9M729, com alcance de mais de 500 quilômetros, segundo a Otan.

A Rússia rebateu as críticas, alegando que o projétil chegaria a um máximo de 480 quilômetros, e acusou os EUA de colocarem em risco a segurança da Europa e do sistema mundial de controle de armamentos.

Deixe uma resposta