Guias de turismo, canoeiros e empresários do setor pedem socorro no Amazonas

Guias de turismo, canoeiros e empresários do setor pedem socorro no Amazonas
Foto: Folhapress

Com o agravamento da pandemia provocada pela covid-19, no Amazonas, e a suspensão de viagens fluviais, que não seja para o transporte de cargas, o setor de turismo tem enfrentado uma dura batalha e agentes, guias e empresários do ramo pedem socorro para sobreviverem no dia a dia.

Um destes agentes e guias de turismo é Carlos Sidney da Silva Santos, mais conhecido como guia Sidney. Ele afirma que sua situação só não está pior porque está tendo ajuda solidária de amigos e familiares e, também, porque conseguiu economizar um pouco de dinheiro na primeira fase da pandemia, mas que já está no fim.

“Estou literalmente parado, porque juridicamente, devido ao decreto, os espaços públicos e culturais estão fechados. Toda minha vida profissional foi e é voltada para o turismo, ou seja, estou parado, apenas formulando projetos para quando tudo voltar ao normal. E a renda são de reservas, com antecedência”, disse Sidney, que é guia de turismo profissional desde 2007, credenciado no Ministério do Turismo.

————–

Fonte: Portal AM notícias.

Deixe uma resposta