Trabalhadores de saúde devem ficar atentos para não perder a segunda dose da vacina

Trabalhadores de saúde devem ficar atentos para não perder a segunda dose da vacina
Foto: reprodução.

Para garantir que a imunização contra a Covid-19 seja completada no prazo correto, a Prefeitura de Manaus alerta os trabalhadores de saúde já vacinados com a primeira dose, para que fiquem atentos e não percam o prazo da segunda dose. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que coordena a campanha de vacinação na capital, identificou mais de 800 trabalhadores de saúde pendentes com a segunda dose. De acordo com o protocolo definido pelo fabricante da CoronaVac, vacina oferecida a este grupo prioritário, o intervalo entre doses deve ser de até 28 dias.

“A prefeitura montou, até o momento, quatro postos exclusivos para aplicação da segunda dose aos mais de 57 mil trabalhadores de saúde já vacinados com a primeira dose e o apelo é para que esse público verifique quando deve completar o esquema vacinal, a fim de assegurar a imunização contra a Covid-19, que, de acordo com os laboratórios só é assegurado com duas doses”, destaca a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins

A aplicação da segunda dose para os trabalhadores de saúde está sendo feita por agendamento eletrônico, por meio do Imuniza Manaus, sistema utilizado pela Semsa para cadastro, agendamento e informações sobre a campanha de vacinação. Ao acessar o endereço imuniza.manaus.am.gov.br, o usuário deve escolher a opção “Segunda Dose” e consultar a data, a hora e o local onde irá receber a vacina. Se preferir, o trabalhador pode mudar o agendamento na opção “Quero alterar local e data”, respeitando o mínimo de 21 dias e o máximo de 28 dias após a primeira dose.

“Agendar o atendimento é uma estratégia para garantir mais comodidade à população, com economia de tempo e mais conforto, e para organizar o volume de acesso aos postos de vacinação, com a distribuição da agenda de acordo com a capacidade e o perfil de cada local”, observa Aline. 

Dos 57,6 mil trabalhadores vacinados, 20 mil já receberam a segunda dose, e todos os vacinados com a primeira dose, até o último dia 20, já estão agendados para a segunda. “Basta acessar o sistema e não perder o prazo”, reforça a secretária interina, destacando que Manaus já ultrapassou a meta de vacinar 90% dos trabalhadores de saúde com a primeira dose, sendo necessário manter a adesão à campanha para o cumprimento dos protocolos recomendados.

O sistema realiza o agendamento no período de 21 a 28 dias decorridos da primeira dose. A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa (Devae), enfermeira Marinélia Ferreira, explica que essa é a referência de tempo utilizada pela Semsa para agendar as segundas doses, já que estudos indicam que a efetividade da vacina tende a ser maior quando a segunda dose é administrada no maior intervalo previsto. Este intervalo, para a CoronaVac, é de até quatro semanas, e para a AstraZeneca, de até 12 semanas.

As pessoas com sintomas gripais ou outras doenças na fase aguda não devem receber a vacina e precisam aguardar a plena recuperação da saúde. Para os casos de Covid-19, suspeitos ou confirmados, a recomendação é aguardar 30 dias a contar dos primeiros sintomas.

Os documentos exigidos para o recebimento da segunda dose são RG ou outro documento original com foto, CPF e a carteira de vacinação. Os pontos de atendimento funcionam de segunda a sábado, das 9h às 16h.

Postos de vacinação para a segunda dose:

Zona Norte/Leste

Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola

Rua Gandu, 119, Cidade Nova, zona Norte

Zona Centro-Sul / Centro

Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam)

Rua Teresina, 495, Adrianópolis, zona Centro-Sul

Hospital Beneficente Português

Avenida Joaquim Nabuco, 1.359, Centro

Zona Oeste

Centro de Convenções de Manaus, o “sambódromo”

Avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste.


Fonte: Semcom

Deixe uma resposta