“Não pode ser decisão de um homem só”, diz Bolsonaro sobre Fachin inocentar Lula

“Não pode ser decisão de um homem só”, diz Bolsonaro sobre Fachin inocentar Lula

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que anulou nesta segunda-feira (8) as condenações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da Operação Lava Jato e com a decisão tornou o petista elegível.

Bolsoonaro disse que Fachin sempre teve uma forte ligação com o PT” e argumentou que o ministro não deveria ter tomado sozinho uma decisão desse porte.

“Não pode, em hipótese alguma, um homem só ser senhor desse julgamento”, afirmou Bolsonaro.

“A bolsa foi lá para baixo e o dólar lá para cima. Todos nós sofremos com uma decisão como essa daí. Agora esperamos que a turma do Supremo restabeleça os julgados”, prosseguiu o presidente.

Vale lembrar que Fachin foi indicado ao STF no governo petista da ex-presidente Dilma Rousseff.


Fonte: Am Post

Deixe uma resposta