Pirarucu é encontrado em rio nos EUA e preocupa autoridades

Pirarucu é encontrado em rio nos EUA e preocupa autoridades

Um pirarucu de quase três metros, foi encontrado morto em uma praia conhecida pela prática esportiva de pescas no Parque Jaycee de Cape Coral, ao longo do Rio Caloosahatchee, na Flórida, EUA.

O caso ganhou repercussão após uma matéria da NBC Miami, com o título em inglês “New Florida Invasive Species: a 10-Foot-Long River Monster” (tradução livre: Nova espécie invasora da Flórida: um monstro de rio de 3 metros de comprimento).

O serviço de Vida Selvagem investiga como ocorreu para que o peixe fosse parar tão longe e em ambiente não natural.

De acordo com o site, o aparecimento do peixe na região foi confirmado pela Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem e as autoridades americanas estão preocupadas e devem apurar para descobrir como o animal apareceu no rio, isso porque segundo a comissão, o pirarucu pode prejudicar o ecossistema do rio. Mas, por ser sensível à temperatura da água, ainda não há indícios de que ele tenha se reproduzido.

A bióloga Katherine Galloway, da Nicholls State University afirmou que o pirarucu bota ovos em fevereiro, março e abril, portanto, “pode levar mais tempo para estabelecer sua presença na Flórida”. As autoridades americanas disponibilizaram um número de telefone e um aplicativo para a população informar caso encontrem um pirarucu ou outra espécie não nativa de peixes de água doce na natureza.

O peixe é nativo do Amazonas e é um dos maiores peixes de águas doces fluviais e lacustres do Brasil. Pode atingir três metros e vinte centímetros e seu peso pode ir até 330 kg.


Fonte: Am Post

Deixe uma resposta