Primeiro paciente de Rondônia recebe alta após tratamento contra Covid em Manaus: ‘Nasci de novo’, diz

Primeiro paciente de Rondônia recebe alta após tratamento contra Covid em Manaus: ‘Nasci de novo’, diz
Paciente recuperado da Covid-19. — Foto: Luciano Abreu / Rede Amazônica

Silvano Oliveira, de 42 anos, é o primeiro paciente vindo de Rondônia para tratamento contra a Covid-19 a receber alta em Manaus. Ele deixou o hospital de Campanha Delphina Aziz, nesta segunda-feira (22), após três dias de internação.

A transferência dos pacientes faz parte da Operação Gratidão, que teve início no dia 5 de março. Segundo o Governo do Estado, receber esses pacientes é uma forma de retribuir a ajuda recebida de outros estados na segunda onda de Covid no Amazonas.

Até esta segunda, o Amazonas possui mais de 339 mil casos confirmados de coronavírus, com mais de 11,7 mil mortes pela doença. No domingo (21), Manaus registrou o menor número de internações diárias de pacientes com Covid desde novembro.

Em janeiro deste ano, hospitais do Amazonas ficaram sem oxigênio por conta da superlotação e recorde de internações por Covid. Em cerca de 1 mês, mais de 500 pacientes foram transferidos para tratamento em outros estados.

Até esta segunda, 27 pacientes já foram transferidos de outros estados para receberem tratamento médico em Manaus, sendo 24 de Rondônia e 3 do Acre. Desses, Silvano foi o único que recebeu alta médica até o momento; 23 continuam internados, e três pacientes, todos vindos de Rondônia, morreram.

Segundo o paciente, ter a chance de receber o tratamento em Manaus trouxe esperança. Ele disse que sentiu uma motivação maior, a partir do momento que chegou na cidade.

“A maneira que as pessoas falam com você e te dão forças, dizendo que você vai se curar, e que tudo passou, você vai tendo esperanças. No hospital, também. As pessoas atendem bem. Agradeço à equipe médica, à família e às pessoas que torceram por mim. É uma outra chance, nasci de novo”, disse Silvano.

Segundo a Secretaria do Estado de Saúde do Amazonas (SES), a previsão é de que o paciente retorne para seu estado de origem ainda na noite desta segunda-feira.

Amazonas recebe pacientes de outros estados

Amazonas começou a receber pacientes com Covid-19 vindos de outros estados no dia 5 de março. Eles fazem tratamento no Hospital Delphina Aziz, na Zona Norte de Manaus.

A chegada dos pacientes de outros estados, segundo o governo, faz parte da operação Gratidão, para retribuir a ajuda recebida de outros estados na segunda onda de Covid no Amazonas, quando os hospitais ficaram sem oxigênio e pacientes foram enviados para tratamento em outros estados.

Na quinta (18), o Governo anunciou, ainda, uma nova fase da operação, com o envio de 200 cilindros de oxigênio para o estado do Paraná. Além disso, Estado emprestou, também na sexta-feira (19), 50 concentradores de oxigênio e devolveu uma miniusina de oxigênio para Rondônia.


Fonte: G1 Amazonas

Deixe uma resposta