Aplicação da 1ª dose deve ficar suspensa de 10 a 15 dias, diz secretária de Saúde de Manaus

Aplicação da 1ª dose deve ficar suspensa de 10 a 15 dias, diz secretária de Saúde de Manaus
Apenas a segunda dose da vacina contra a Covid-19 é aplicada em Manaus — Foto: Divulgação

A secretária de Saúde de Manaus, Shádia Fraxe, afirmou que a aplicação da primeira dose das vacinas contra a Covid-19 em Manaus deve ficar suspensa de 10 a 15 dias. A partir desta quarta-feira (28), somente a segunda dose da vacina passa a ser administrada na capital do amazonas.

De acordo com Fraxe, a vacinação foi suspensa por uma recomendação do ofício circular número 100 do Ministério da Saúde.

Estão suspensas a primeira dose de ConoraVac e AstraZeneca em Manaus. Nas comunidades do interior, a vacinação de primeira dose AstraZeneca continua. Quem precisa tomar a segunda dose dessas vacinas, pode procurar os postos de vacinação.

“Inicialmente, o Ministério da Saúde recomendou que os municípios usassem todas as doses de CoronaVac, a partir da oitava remessa, como as primeiras doses, para acelerar a campanha no Brasil. Agora, orientou a retroceder, considerando o risco de faltar vacina para completar o esquema vacinal dos que já receberam o imunizante”, afirmou Fraxe.

Ela afirma que a continuidade da vacinação depende da chegada de novas doses. No entanto, ela reforça a importância das pessoas irem tomar a segunda dose para que não sejam desperdiçadas.

Até a terça-feira (27), havia um estoque de 3 mil vacinas para a segunda dose em Manaus. Uma nova remessa com 6 mil doses de AstraZeneca devem chegar a capital na quinta-feira (29) e, a partir de então, começam a planejar os próximos grupos a receber a imunização.

De acordo com Fraxe, as grávidas vão entrar como grupo prioritário posteriormente, independentemente de possuírem comorbidades.

Shádia Fraxe (à esq.) durante coletiva sobre a situação da vacinação em Manaus — Foto: Reprodução

Fonte: G1 Amazonas

Deixe uma resposta