Mais de 500 pessoas são flagradas em bares e festas clandestinas em Manaus

Mais de 500 pessoas são flagradas em bares e festas clandestinas em Manaus
Fiscalização em Manaus flagra bares promovendo aglomerações. — Foto: Divulgação/SSP-AM

Mais de 500 pessoas foram flagradas em bares e festas clandestinas, entre a noite desta sexta-feira (30) e a madrugada deste sábado (1º), em Manaus. Dos nove estabelecimentos fiscalizados, quatro foram interditados e duas festas clandestinas foram encerradas.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informou que os estabelecimentos descumpriam o decreto governamental com medidas contra Covid, promovendo aglomerações. Durante as fiscalizações, duas pessoas foram detidas e conduzidas à delegacia.

Até esta sexta-feira (30), mais de 12,5 mil pessoas morreram com a doença no Amazonas.

Cerca de 200 pessoas foram flagradas em uma festa clandestina no bairro Tarumã, Zona Oeste (VEJA VÍDEO ACIMA). Já no bairro Petrópolis, na Zona Sul, outra festa clandestina com 60 pessoas foi flagrada e encerrada.

Na Zona Leste, na avenida Itacolomy, bairro Armando Mendes, dois estabelecimentos foram interditados. No momento da chegada dos fiscais, mais de 300 pessoas estavam em um bar. O local funcionava com som ao vivo e foi interditado pela Visa Manaus.

Na mesma avenida, outro bar também foi fechado pela Visa Manaus por irregularidades e por estar com pessoas além da capacidade do local. Os donos dos bares foram conduzidos à central de flagrantes deste tipo de ocorrência, que funciona na Delegacia Geral.

Um bar localizado na rua Simão Bolívar, Centro, foi interditado pelo Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) e notificado pelo Corpo de Bombeiros por irregularidades, entre elas, a de funcionar como bar na modalidade principal, o que está proibido. Na mesma rua, outro bar também foi autuado pelo Procon por aglomeração.

Ainda no Centro de Manaus, na rua São Clemente, um bar foi interditado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) e notificado pelo Corpo de Bombeiros por estar funcionando como bar na modalidade principal, entre outras irregularidades.

Denúncias referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou apresentem outras irregularidades, podem ser feitas ao 190 ou ao 181, o disque-denúncia da SSP-AM.

Quatro estabelecimentos foram interditados em Manaus nessa noite. — Foto: Divulgação/SSP-AM
Fiscalizações também foram realizadas no Centro de Manaus. — Foto: Divulgação/SSP-AM

Fonte: G1 Amazonas

Deixe uma resposta