Com meta de alcançar 3 mil jovens, Mais Futevôlei nos Bairros é pioneiro no Amazonas

You are currently viewing Com meta de alcançar 3 mil jovens, Mais Futevôlei nos Bairros é pioneiro no Amazonas
FOTOS: Bruno Zanardo/Secom
Com meta de alcançar 3 mil jovens, Mais Futevôlei nos Bairros é pioneiro no Amazonas 1
FOTOS: Bruno Zanardo/Secom

Manaus/AM – O Mais Futevôlei nos Bairros, lançado na semana passada pelo governador Wilson Lima, é pioneiro no Brasil usando a modalidade como projeto socioesportivo dentro das comunidades. A iniciativa do Governo do Estado, coordenada pela Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), oferecerá aulas gratuitas para crianças e jovens da capital.

O pontapé inicial do projeto ocorreu no Complexo Esportivo do Passarinho, bairro Terra Nova, bairro Terra Nova 3, zona norte de Manaus. O Mais Futevôlei está integrado ao Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), utilizando dez campos revitalizados pelo Estado para a prática do esporte.

De acordo com o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira, a ideia deve alcançar, no mínimo, 3 mil jovens, buscando incentivar não apenas o alto rendimento da modalidade peneirando novos craques, como também um esporte de cidadania.

“É um momento muito especial porque é uma modalidade que mais cresceu na pandemia. Os esportistas, até mesmo os profissionais estavam sem emprego. Esse projeto vai abranger mais de 50 profissionais que estarão distribuídos em 10 espaços esportivos que o governador já revitalizou e já preparou. Nós sabemos que somos um celeiro de craques de futevôlei”, afirmou o dirigente.

De olho no futuro

Com meta de alcançar 3 mil jovens, Mais Futevôlei nos Bairros é pioneiro no Amazonas 2
FOTOS: Bruno Zanardo/Secom

O monitor do projeto no Complexo Esportivo do Passarinho, Antônio Miranda, conhecido como “Jacaré”, destacou a importância do Mais Futevôlei para a comunidade. Segundo ele, a área de lazer ficou por muitos anos esquecida pelo poder público, porém com os projetos Escolinha nos Bairros e agora o Mais Futevôlei, dezenas de atletas terão novas oportunidades por meio do esporte.

“O esporte é maravilhoso. A gente cuida de 120 crianças aqui, e essas crianças não tinham perspectiva de nada. Hoje elas têm. Um quer ser o Neymar, outra quer ser a Marta, enfim, então você vê a felicidade no rosto das crianças. Eu tenho dois netos que participam do projeto. Para mim é motivo de muita felicidade”.

Quem também comemorou foi João Victor dos Santos Souza, de 14 anos. Aluno do Pelci, ele afirma que o objetivo é aperfeiçoar o talento.

“A gente já jogava aqui porque quando o pessoal vinha jogar futevôlei aqui eles chamavam a gente. A gente pretende continuar a jogar, cada vez mais melhorar o futevôlei, porque aqui antes nem era conhecido. Daqui para a frente quero me profissionalizar jogador de futevôlei ou jogador de futebol”.

Escolinhas esportivas

Com meta de alcançar 3 mil jovens, Mais Futevôlei nos Bairros é pioneiro no Amazonas 3
FOTOS: Bruno Zanardo/Secom

Dentre os pontos que receberão as escolinhas estão o Complexo Esportivo do Passarinho, bairro Terra Nova 3; o Campo da Baixada Fluminense, bairro Cidade Nova; o Campo do CDC da Compensa, bairro Compensa; e o Campo Arena do Monte, no bairro Monte das Oliveiras.

Também terão escolinhas o Centro Esportivo Municipal (CEM) Hileia, no conjunto Hileia, bairro Redenção; o Centro de Esporte e Lazer (CEL) Compensa, bairro Compensa; o Complexo Esportivo Nelson Lacerda (CFM Santo Agostinho), no bairro Santo Agostinho; Campo do Florestão, no bairro Tancredo Neves; o Campo do Curió, na Cidade Nova; e a Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro.

Com informações da Secom

Deixe uma resposta