‘Bolsa Esporte’: apoio inédito impulsiona sonhos de atletas amazonenses

You are currently viewing ‘Bolsa Esporte’: apoio inédito impulsiona sonhos de atletas amazonenses
FOTOS: Lucas Silva/Secom
‘Bolsa Esporte’: apoio inédito impulsiona sonhos de atletas amazonenses 1
FOTOS: Lucas Silva/Secom

Manaus/AM – Alçar voos mais altos e chegar a competições nacionais e internacionais é o sonho de qualquer atleta. Entre os amazonenses que almejam ganhar o mundo por meio do esporte está a estudante Ketlen Cristina, 16, que treina futebol e se inspira na jogadora Marta Silva, eleita seis vezes a melhor do mundo. Para chegar lá, além do talento, é preciso ter incentivo e recursos que muitos competidores não têm.

Lançado pelo governador Wilson Lima no dia 15 de maio, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, o Bolsa Esporte Estadual busca apoiar esportistas, paratletas e atletas como Ketlen. O patrocínio inédito oferta 430 vagas em bolsas que variam de R$ 400 a R$ 3 mil mensais. As inscrições seguem abertas até o dia 14 de junho, no site da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), no endereço www.faar.am.gov.br.

“Acho que vai ajudar muito, porque nem todos têm esse recurso. Vai motivar crianças a participarem, até porque tem muita criança que necessita. No meu caso, eu não sou patrocinada por ninguém, então eu vou começar através disso, vai fazer eu ir mais à frente, no meu sonho de ser uma jogadora profissional”, afirmou Ketlen, que treina pelo Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), no Prosamin do igarapé do Santo Agostinho.

A jogadora, que concilia os treinos com os estudos, vai concorrer ao patrocínio para alcançar o objetivo de viver do futebol. “Eu sonho em ser uma jogadora profissional e ir para vários lugares. Ser uma jogadora conhecida, que motiva meninas a jogarem também. Eu amo futebol, sonho em ser conhecida como a Marta. Agradeço o projeto, a todos que estão dando essa oportunidade para a gente”, celebrou.

Alto rendimento

‘Bolsa Esporte’: apoio inédito impulsiona sonhos de atletas amazonenses 2
FOTOS: Lucas Silva/Secom

Seja para quem está começando ou para quem já construiu uma história no esporte e agora busca chegar ainda mais longe, o recurso é a mola propulsora para quem se dedica aos treinos e competições.

O paratleta do halterofilismo, Carlos Cézar Conceição, é ranqueado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Ele, que foi 4º lugar no Campeonato Brasileiro Paralímpico de Halterofilismo, em 2021, também ressalta a importância de contar com um incentivo financeiro.

“É gratificante a iniciativa do Governo do Estado em realizar esse projeto, devido à dificuldade que nós, atletas, temos. Isso só vem a fomentar mais a nossa disponibilidade em ser atleta, em treinar, em se dedicar. Essa ajuda é para trabalhar a nossa dedicação em relação à ajuda financeira, nutricional, a questão de equipamentos. Vai nos ajudar nesse sentido”, considera.

Ele reforça que a ajuda também contribui para que os atletas não precisem, por exemplo, pedir colaboração financeira nas ruas. “Esse projeto vem angariar ajuda para a gente não correr esse risco de estar exposto ao sol e à chuva, para que a gente invista em nós mesmos, na questão da alimentação, do suplemento alimentar. Vai ajudar bastante, é gratificante para nós, enquanto atletas e paratletas”, apontou Carlos Cézar.

Durante o anúncio do Bolsa Esporte, o governador Wilson Lima reforçou que o patrocínio tem como objetivo projetar o estado por meio dos talentos amazonenses.

“Vamos torcer para que a gente possa colocar mais atletas no cenário nacional, internacional, que possam trazer orgulho não só para os pais, mas também para o estado do Amazonas, para a região Norte”, disse o governador.

Vagas

São 300 vagas aos desportistas da base, que receberão em forma de patrocínio o valor de R$ 400 mensais. Para os atletas e paratletas de alto rendimento e que disputam competições nacionais e internacionais, são 100 vagas, com cada uma recebendo o incentivo de R$ 1 mil, mensais.

Para atletas de modalidades olímpicas, são destinadas 30 vagas com um investimento de R$ 3 mil cada, mensal. A partir do momento da assinatura, o contrato terá validade de até seis meses. O investimento total do Governo do Estado neste primeiro edital do Bolsa Esporte Estadual é de R$ 1,8 milhão.

Inscrições

‘Bolsa Esporte’: apoio inédito impulsiona sonhos de atletas amazonenses 3
FOTOS: Lucas Silva/Secom

Os interessados pelas vagas no Bolsa Esporte Estadual podem acessar o site da Faar e clicar a aba Downloads, para preencher a ficha de inscrição e protocolar na sede da Faar, localizada na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, até o dia 14 de junho. É necessário levar documentação completa (informada no site), com envelope lacrado, conforme previsto no Edital.

A Faar publicará até o dia 20 de junho o resultado preliminar dos atletas contemplados. Os atletas que tiverem seus requerimentos indeferidos terão o prazo de dois dias para interposição de recurso. O resultado definitivo ocorrerá até o dia 27 de junho. A partir deste momento, os aprovados serão convocados para a assinatura do Termo de Contrato de Patrocínio.

“O maior sonho do atleta é que o estado dê esse aporte para que ele possa sobreviver praticando e desenvolvendo o esporte de alto rendimento e tendo esse retorno financeiro para se manter, comprar equipamentos e crescer profissionalmente no esporte”, pontuou Jorge Oliveira, diretor-presidente da Faar, no lançamento do edital.

Com informações da Secom

Deixe uma resposta