São Paulo confirma primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil; paciente é um homem de 41 anos

You are currently viewing São Paulo confirma primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil; paciente é um homem de 41 anos
Foto: reprodução da internet.
São Paulo confirma primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil; paciente é um homem de 41 anos 1
Foto: reprodução da internet.

Redação – O primeiro caso de varíola dos macacos foi confirmado, hoje, no Brasil. O paciente é um homem de 41 anos, de São Paulo, que viajou para Espanha e Portugal. A informação foi, inicialmente, divulgada pela TV Globo e confirmada pelo UOL.

O homem começou a apresentar sintomas no dia 28 de maio, quando teve febre e dor de cabeça. Ele está em isolamento no Hospital Emílio Ribas, na capital paulista.

Em nota, a Secretaria Municipal de São Paulo diz que ainda “aguarda o resultado dos exames colhidos” e classifica o caso como “em investigação”.

“A Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde) ressalta que acompanha o cenário nacional e internacional sobre a varíola do macaco (monkeypox) e está em contato com o Ministério da Saúde e o Governo do Estado, por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs). O órgão emitiu um alerta comunicando as principais características da doença e medidas a serem tomadas pelos equipamentos de saúde do município e segue acompanhando os casos”, finaliza a nota.

As amostras foram analisadas pelo Instituto Adolfo Lutz e pelo Lacen (Laboratório Central em Saúde Pública de São Paulo).

O Ministério da Saúde informou na última terça-feira, 7, que este paciente estava sendo acompanhado, mas não havia informado mais nada sobre ele ou seu estado de saúde. Na ocasião, a pasta disse que “está em contato com Estados para apoiar no monitoramento e ações de vigilância em saúde”.

Há outros sete casos suspeitos de varíola dos macacos sendo investigados no Brasil. Destes, quatro são em homens e três em mulheres. Dois pacientes estão na cidade de Rio Crespo (RO), um em Blumenau (SC), um em Dionísio Cerqueira (SC), um em Pacatuba (CE), um em Porto Alegre (RS) e um em Corumbá (MS).

Com informações da Agência Cenarium

Deixe uma resposta