Rede municipal de ensino entrega mais de 100 lenços para mulheres com câncer do Lar das Marias

Rede municipal de ensino entrega mais de 100 lenços para mulheres com câncer do Lar das Marias
Fotos: Lton Santos/ Semed

Cento e vinte seis lenços doados por servidores da Prefeitura de Manaus, lotados na Secretaria Municipal de Educação (Semed), foram entregues na manhã desta terça-feira, 4/12, às mulheres com câncer que estão acolhidas no Lar das Marias, no bairro Dom Pedro, zona Oeste. Destes, 13 dos adereços foram doadas para crianças com a doença e que estão abrigadas no Grupo de Apoio à Criança com Câncer do Amazonas (GACC-AM), no mesmo bairro.

Fotos: Lton Santos/ Semed

A arrecadação dos lenços, que foi organizada pela Divisão de Pessoal e Gerência de Desenvolvimento do Servidor (GDS), aconteceu durante a campanha do Outubro Rosa da Semed, em alusão ao combate e prevenção ao câncer de mama e colo de útero. O Lar das Marias acolhe mulheres vindas de vários municípios do Amazonas, que chegam a Manaus para fazer o tratamento e não têm onde ficar.

Para a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, a secretaria tem uma função social muito atuante e quando o assunto é mulher fica ainda mais forte, visto que a rede é composta por mais de 11 mil servidoras. “O nosso maior número de servidores é de mulher e algumas delas já passaram ou têm alguém da família passando pela doença. O nosso papel é ficar atento às necessidades dos nossos professores e também da sociedade, esse momento é muito emocionante para todos nós e também de muita honra e aprendizagem”, mencionou.

O lar possui 38 quartos, refeitórios, lavanderia, cozinha, salas de convivência, artesanato e TV. A instituição é mantida por doações. Para a presidente do Lar e médica oncologista, Adelaide Portela, a ação da secretaria é um agrado ao coração das pacientes, que quando começam o tratamento perdem os cabelos. Ela também destacou a importância do ato na vida das pacientes. “Toda vez que a gente recebe doações que alegram a vida dessas mulheres, faz um bem a todos nós. Esses lenços vão melhorar a autoestima, fazendo com que elas se sintam bonitas durante o tratamento e isso é muito importante”, enfatizou a presidente.

Jan Nogueira, 46, descobriu a doença há 5 anos, após uma hemorragia. Ela é moradora de Coari e de 5 em 5 meses precisa vir a Manaus para fazer acompanhamento da doença. De acordo com ela, mesmo durante o tratamento, a mulher precisa se sentir bonita e os lenços ajudam nesse processo. “É bom a gente se sentir bem e quando ganhamos presentes percebemos que as pessoas se importam com quem está aqui, e isso faz bem ao nosso coração”, comentou emocionada.

Deixe uma resposta