Djalma Batista será interditada na sexta-feira

Djalma Batista será interditada na sexta-feira

Uma reunião coordenada pelo prefeito em exercício e secretário Municipal de Infraestrutura (Seminf), Marcos Rotta, definiu nesta quarta-feira, 7/2, juntamente com técnicos da Manaus Ambiental, Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), a linha de atuação da obra emergencial para troca de tubulação subterrânea na avenida Djalma Batista, zona Centro-Sul. Os trabalhos começam na próxima sexta-feira, dia 9, a partir das 14h.

A Djalma Batista ficará interditada nos dois sentidos, entre as ruas João Valério e Pará. A interdição deve seguir até a ‘Quarta-Feira de Cinzas’, 10, data em que devem ser concluídos os trabalhos.

A obra consiste na troca de um antigo tubo Armco, com quase três décadas de uso, e que, conforme estudos técnicos da Seminf, apresenta sinais de desgaste e achatamento. Após o levantamento de todos os dados preliminares referentes à intervenção, foi decidido pela realização dos trabalhos no período do feriado de Carnaval para causar o mínimo de transtorno à população que passa, diariamente, pela Djalma Batista, umas das principais avenidas da cidade de Manaus.

“Recebemos a orientação do prefeito Arthur Virgílio para fazermos o que for possível para que não aconteça na Djalma Batista os problemas que já tivemos em outras vias, como as ruas Pará e a João Valério. Por isso, vamos trabalhar de forma sincronizada com a Cigás, Manaus Ambiental, SMTU, Manaustrans e operadoras de telefonia para que essa ação seja organizada e otimizada na questão de tempo”, informou Rotta.

O prefeito em exercício explicou, ainda, que técnicos da Cigás estarão presentes na obra para garantir que a tubulação de gás instalada no local seja totalmente desligada e não cause nenhuma ameaça aos trabalhadores.

“Vamos fazer uma obra emergencial dentro dos padrões técnicos e de qualidade empreendidos pela Seminf. Agora, atuaremos em caráter preventivo em parceria com outros órgãos. No local, passa uma tubulação da Cigás, que vai fazer todo o monitoramento da área para que a Seminf possa ter toda a segurança e realizar o trabalho”, disse o prefeito em exercício.

Desvios no trânsito – Para desviar do trecho em obras, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) sugere as seguintes opções:

– Sentido bairro/Centro: O condutor deve acessar a avenida João Valério, atravessar a avenida Constantino Nery e fazer o retorno na alça da rua Arthur Bernardes. Assim, poderá seguir pela Constantino Nery ou pela rua Pará para retomar a avenida Djalma Batista.

– Sentido Centro/bairro: O condutor poderá acessar a rua Pará e virar à esquerda na rua Rio Jutaí ou na rua Rio Madeira. Dessa forma, alcança a avenida João Valério e segue pela avenida Djalma Batista.

Transporte coletivo – Ao todo, 35 linhas do transporte coletivo terão seus itinerários alterados por conta da realização das obras emergenciais na drenagem profunda da avenida Djalma Batista. As mudanças, nos dois sentidos da via, seguem o seguinte esquema:

– Sentido bairro/Centro: Os ônibus irão acessar a avenida João Valério e seguir pela avenida Constantino Nery até chegar ao Centro.

– Sentido Centro/bairro: O itinerário será pelas vias Silva Ramos / Joaquim Gonzaga Pinheiro / Senador Álvaro Maia / Constantino Nery.

Fonte: Ulysses Marcondes / Semcom

Fotos: Alexandre Fonseca / Seminf

Deixe uma resposta