’16/06/2019’

Prefeitos do interior no Amazonas cobram melhorias na saúde durante encontro com Governador

Prefeitos do interior no Amazonas cobram melhorias na saúde durante encontro com Governador

“As Demandas das prefeituras estão sendo avaliadas e medidas emergenciais já estão sendo tomadas”, afirmou Wilson Lima 

Melhorias na saúde estão entre os pedidos mais comuns dos prefeitos com quem o governador Wilson Lima tem se reunido desde o início da semana. Nesta quarta-feira (13/02) foi o terceiro dia de encontros com os gestores do interior do estado. Na agenda os prefeitos de Silves, Aristides Queiroz de Oliveira Neto, e de Iranduba, Francisco Gomes da Silva.

“A saúde é uma prioridade na capital e é também no interior. Nós encontramos a Central de Medicamentos desabastecida, pagamentos atrasados, hospital sem materiais, sem equipamentos, gente morrendo. Não pode na capital e não pode no interior. Imagina nos municípios mais distantes, a situação também é preocupante. Por isso nós temos que fazer esse raio-x do estado, sentar com os prefeitos, discutir e partir para resolver. O orçamento é enxuto e por isso mesmo precisa ser bem empregado”, afirmou o governador.

Silves 

O prefeito de Silves, Aristides Queiroz, acompanhado de vereadores, entregou ao governador uma lista de pedidos. Na área da saúde, as demandas são pela contratação de médicos para o hospital do município, reforma da unidade hospitalar e aquisição de uma ambulância.

O governador adiantou que a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) já vem analisando a situação do hospital junto à empresa responsável pela obra, concluída em 2014. Além disso, a ambulância foi entregue no ano passado sem os aparelhos necessários para funcionar, o que já foi resolvido pelo atual Governo. A Susam também está fazendo um levantamento da necessidade de profissionais da área da saúde para reorganizar o quadro funcional.

Entre as demandas apresentadas pelo prefeito de Silves estão ainda obras de infraestrutura, como operação tapa-buraco na estrada da Várzea AM-363, reformas de caixas d’água em escolas e de prédios públicos e a construção de um galpão para abrigar a secretaria de obras, pois a antiga sede pegou fogo durante um incêndio. Aristides Queiroz pediu, ainda, apoio do estado para aquisição e construção de uma usina de lixo e implantação da coleta seletiva com o objetivo de eliminar o lixão a céu aberto que oferece riscos à saúde da população.

“Há oito anos que o município de Silves não foi olhado pelo Governo do Estado. E como é que você vai manter uma coisa dessa funcionando a contento. Tantas coisas são de responsabilidade do estado e é preciso dialogar”, disse o prefeito de Silves.

Durante a reunião também foi acertado que os reparos nas escolas estaduais serão feitos para que elas funcionem minimamente, sem prejuízos para os alunos. A prefeitura se comprometeu em desenvolver ações que melhorem os indicadores do ensino médio e diminuam a evasão escolar.

Quanto à produção rural, o Governo, por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), também vai desenvolver ações de incentivo à produção do café, crescente em município. O objetivo é distribuir 450 mil mudas de café para a região de Silves e Itacoatiara e dobrar a produção de café regional.

Iranduba 

Ainda na quarta-feira o governador recebeu o prefeito de Iranduba, Francisco Gomes da Silva, que também veio acompanhado de vereadores. Na lista de pedidos, melhorias na saúde, educação e nas estradas.

O governador adiantou que a Seinfra vai avaliar a situação da rodovia Carlos Braga para que receba uma operação tapa-buraco. “A gente vai fazer um levantamento, já tem um projeto que precisa ser reavaliado e é provável que a gente comece as obras já no próximo semestre,” afirmou Wilson Lima.

Na área da saúde, o hospital do município estava sem anestesista e a Susam já enviou um profissional para que as cirurgias sejam retomadas. O município também estava sem ambulância. O veículo enviado, no ano passado, chegou à Iranduba sem aparelhos, o que já foi providenciado pela nova administração da Susam.

“Nós estamos bem perto de Manaus, mas às vezes parece que estamos longe. O desenvolvimento não tem chegado’, disse o prefeito de Iranduba.

De acordo com o governador Wilson Lima, é prioridade para o governo desenvolver o interior nas mais diversas áreas. Na educação uma medida imediata será o envio da remessa do material utilizado pelos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que, por falta de comunicação, ainda não havia sido entregue.

Outra demanda estudada é a instalação de uma unidade avançada do Instituto Federal de Educação. A Prefeitura pediu apoio do estado na liberação de uma área para viabilizar o projeto do Ministério da Educação. Por outro lado, os cursos do Cetam, já iniciados, serão mantidos e as aulas começam após o Carnaval.

Na área de segurança pública, o governador adiantou que a Secretaria de Segurança Pública reforçou medidas para ampliar a segurança, sobretudo no distrito de Cacau Pirêra e outras regiões do município que vêm sofrendo com a ação de criminosos. Também está em sendo preparado projeto para que guardas municipais recebam treinamento da Polícia Militar.

“Um governo participativo se faz assim, com diálogo. Tenho certeza de que vamos desenvolver o interior e resolver muitos problemas que só existiam por falta de comunicação”, afirmou Wilson Lima.

Fotos/Informações – Secom

Deixe uma resposta