’15/12/2019’

Após rebelião em delegacia de Iranduba, presos são transferidos para Manaus

Após rebelião em delegacia de Iranduba, presos são transferidos para Manaus

Na noite desta quinta-feira (04), 13 presos que estavam na carceragem da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus) foram transferidos para a capital amazonense, conforme informações da delegada titular da unidade policial, Sylvia Laureana.

A transferência ocorreu depois que os detentos quebraram celas onde estavam custodiados, na tarde de ontem (04). Conforme informações da Polícia Civil, os presos estavam organizando um plano para fugir da unidade, mas foram descobertos. Um dia antes, na quarta-feira (03), a Polícia já havia feito uma revista na unidade e apreendido celulares.

De acordo com a delegada, a agitação dos presos foi contida pelos policiais da 31ª DIP, com o apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), e de policiais militares lotados no município.

Em entrevista à uma rádio local, o secretário de segurança do Amazonas, coronel Louismar Bonates, afirmou que a situação carcerária em Iranduba foi controlada, mas que, assim como em Manaus, sofre problemas de superlotação.

“O sistema está tranquilo. Logicamente, é uma bomba relógio e a qualquer momento pode explodir. Estamos atentos a isso e ao policiamento lá em Iranduba”, afirmou Bonates.

O grupo de detentos foi transferido para o Centro de Detenção Provisória de Manaus.

Deixe uma resposta