’13/12/2019’

Moradores do Prosamim de Manaus retomam projeto Leitura na Praça após mutirão de revitalização

Moradores do Prosamim de Manaus retomam projeto Leitura na Praça após mutirão de revitalização

Manaus – O projeto Leitura na praça e reforço escolar foi idealizado por um grupo de moradores do Parque residencial Manaus, localizado no centro da capital. Foi uma alternativa encontrada pela comunidade para ocupar as crianças e jovens com atividades lúdicas e de educação, evitando que elas sejam cooptadas pelo tráfico de drogas, problema que hoje afeta a região.

Durante 10 anos as atividades ocorreram ao ar livre, na praça da quadra 3 do Prosamim de Manaus. Vitória, é uma das alunas e conta que só aprendeu a ler através do projeto.

“O projeto Cultural Leitura na Praça está marcado na minha vida, na minha infância. Quando eu lembro da praça, lembro do projeto e eu espero que as crianças de agora que elas possam aproveitar o espaço como eu aproveitei”, disse Vitória Araújo, estudante.

Ela e mais de 200 famílias deixaram de morar em palafitas, sem acesso a saneamento básico e água potável para morar no residenciais do Programa Social e Ambiental dos igarapés de Manaus. Sem apoio do poder público o local onde se realizava as atividades foi se deteriorando com a ação do tempo e da natureza. E apesar do esforço para tentar manter o local em bom estado e o projeto funcionando, em 2014 tudo paralisou.

Moradores do Prosamim de Manaus retomam projeto Leitura na Praça após mutirão de revitalização 1

Durante cinco anos, a praça ficou abandonada se tornando um local para práticas de usuários de drogas. Os equipamentos da academia ao ar livre foram deteriorados, os bancos quebrados e o lixo tomou conta do local.

Foi pensando nisso que um dos alunos do RenovaBR da região incentivou moradores a arregaçarem a mangas para revitalizar o lugar, “A gente não podia deixar as crianças expostas às drogas, esse não é o caminho que deve ser seguido. Por isso a praça e o projeto são tão importantes para a comunidade, aqui é o ponto de encontro para alegria e educação”, destaca o idealizador do Leitura na Praça, Júlio Cesar Pantoja.

A ação é parte do curso de formação de novos políticos municipais do RenovaBR. A ideia é que os alunos coloquem em prática tudo o que estão aprendendo no RenovaBR Cidades, curso voltado para as eleições municipais, que acontecem em um ano.

A força de vontade dos moradores foi tanta que impactou também quem viu de fora, como foi o caso da Liliane de Almeida que inspirada pela prática do Renova Brasil, também decidiu fazer parte da revitalização. Por cerca de um mês, eles realizaram um trabalho em conjunto para fazer o levantamento de materiais e pessoas, além de se reunirem à noite para pintar, consertar e limpar a praça.

Moradores do Prosamim de Manaus retomam projeto Leitura na Praça após mutirão de revitalização 2

Depois de muito empenho, o resultado foi exposto no dia 05 de outubro, fazendo parte assim das 1,4 mil ações de renovação do #RenovarOBrasil.

“Eu já conhecia o local, por ter amigos e até parentes que já moraram no Prosamim e e fui convidada pelo César, idealizador do projeto de Leitura na Praça para ajudar na revitalização. Mostrei o projeto para o Renova e com o apoio de empresários, moradores e de alguns voluntários conseguimos dar vida para a praça novamente”.

Para a Vitória que fez parte do início do projeto há mais de 10 anos atrás, esse é um momento histórico e muito importante, “a praça é o coração do Prosamim. O meu sentimento é de alegria por poder ver o local da minha infância todo pintado e bonito. Agora as crianças podem viver, o que eu vivi aqui”. Assim como a praça, o projeto também voltou a funcionar no mesmo dia, presenteando a comunidade com livros, recreações e a inclusão de coleta seletiva. “A praça ficou limpa e agora a gente tem lixeiras para colocar cada tipo de lixo”, destaca Sara, de 6 anos.

 Moradores do Prosamim de Manaus retomam projeto Leitura na Praça após mutirão de revitalização 3

 

“Ter esse incentivo para nossos filhos nos deixa muito felizes, aqui eles têm reforço escolar e aprendem a ler. Ainda tem a coleta seletiva, que no meu caso, com três crianças fica bem mais fácil de ensinar a proteger o meio ambiente”, comenta a Andreia moradora do local.

Para os moradores, a praça é muito mais que um lugar de lazer, ela é na verdade forma de acesso à educação. “Eu aprendi a ler com 21 anos de idade e não quero isso para nenhuma criança que mora aqui. A educação ainda vai mudar o Brasil”, encerra César.

Renovar o Brasil

Há um ano das próximas eleições municipais, as cidades brasileiras enfrentam enormes desafios. Da limpeza urbana à conservação de praças e parques, os problemas se multiplicam a espera de solução. O Renova BR acredita que a resposta para os problemas está naqueles que são afetados por eles: o cidadão comum.

Como parte do curso Renova BR Cidades 2019, criamos o projeto Manau para provar, na prática, que a boa qualificação de pessoas comuns para nossa política tem potencial para transformar nosso país.

No dia 5 de outubro, um sábado, foram realizadas 1,4 mil ações em 445 cidades em diversas áreas: educação, saúde, assistência social, cultura, inclusão, meio ambiente, esporte, entre outras. Todos os desafios tem um ponto em comum: envolvem algum tipo de renovação que beneficie de forma perene as cidades dos alunos Renova BR.

Deixe uma resposta