Usuários podem restringir chamadas indesejadas por meio de aplicativos, instâncias estaduais do Procon e pelo Não Me Perturbe

Usuários podem restringir chamadas indesejadas por meio de aplicativos, instâncias estaduais do Procon e pelo Não Me Perturbe
Foto: reprodução.

As pessoas que recebem muitas chamadas indesejadas podem bloquear as ligações de telemarketing no celular. Existem diversas maneiras para tanto. A Anatel fornece o serviço Não Me Perturbe, uma lista nacional na qual os consumidores escolhem quais empresas terão as chamadas impedidas. Além disso, o Procon de vários estados e municípios brasileiros também oferecem opções de bloqueio regionais.

Existem também alguns aplicativos que permitem bloquear contatos indesejados, como o Whoscall e o Truecaller. A Samsung também disponibiliza uma opção de bloqueio para donos de aparelhos Galaxy, o Smart Call. Confira abaixo o passo a passo para se cadastrar em cada sistema. Nenhum deles resolve todas as situações, mas são opções interessantes de serem exploradas.

Como funciona o Não Me Perturbe

O Não Me Perturbe é uma ferramenta nacional criada pela Anatel, em julho de 2019, que permite solicitar o bloqueio de ligações de telemarketing em todo o Brasil. O serviço abrange empresas de telecomunicação (telefone móvel e fixo, TV por assinatura e internet) e instituições financeiras (empréstimos consignados e cartão de crédito consignado).

Inicialmente, o cadastro bloqueava apenas os serviços das empresas de telecomunicação Algar, Claro/Net, Claro NEXT (antiga Nextel), Oi, Sercomtel, SkyTim e Telefônica/Vivo.

Recentemente, alguns bancos também passaram a fazer parte da iniciativa:

  • Agibank
  • Banco Alfa
  • Banco do Brasil
  • Banrisul
  • Bari
  • BMG
  • Bradesco
  • Bradesco Financiamentos
  • BRB
  • BV
  • Caixa
  • Cetelem
  • CCB Brasil
  • Digio
  • Daycoval
  • Facta Financeira
  • Financeira Alfa
  • Inter
  • Itaú-Unibanco
  • Itaú Consignado
  • Mercantil do Brasil
  • Mercantil do Brasil Financeira
  • Olé Consignado
  • PAN
  • Paraná Banco
  • Safra
  • Santander
  • Sicredi
  • Zema Financeira
Não Me Perturbe permite bloquear ligações de telemarketing de empresas de telecomunicação e instituições financeiras — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

O cadastro no sistema deve ser realizado pelo site oficial. O consumidor poderá informar o número de telefone que deseja realizar o bloqueio, bem como eleger a prestadora ou instituição financeira cujas ligações não interessam mais. O bloqueio ocorre em até 30 dias após a data da solicitação.

Após esse período, caso o consumidor ainda receba alguma chamada, ele poderá entrar em contato com a empresa e preencher um formulário relatando o ocorrido. A empresa então terá até cinco dias para explicar a ocorrência. Ela poderá ser punida se for provado o descumprimento do bloqueio.

Outro ponto importante é que o bloqueio abrange apenas ligações de telemarketing, ou seja, oferta de serviços e produtos não solicitados. O usuário poderá continuar recebendo chamadas com confirmação de dados, prevenção a fraudes, cobranças e outros serviços bancários. O mesmo vale para SMS.

A Anatel ainda alerta que o Não Me Perturbe não tem aplicativos para smartphones, não envia e-mails com arquivos executáveis e nem solicita dados pessoais ou bancários.

Como ativar o Não Me Perturbe

É possível realizar o cadastro no site por meio do computador ou do smartphone. Entre no site naomeperturbe.com.br e siga os seguintes passos.

Passo 1. Caso não tenha cadastro, clique em “Quero me cadastrar”.

Passo 2. Após selecionar a opção de cadastro, o consumidor deve informar nome completo, CPF, e-mail e criar uma senha contendo no mínimo oito caracteres, sendo pelo menos um maiúsculo, um minúsculo, um número e um caractere especial. Em seguida, marque a caixa dizendo que concorda com os termos de uso, confirme que não é um robô e clique em “Enviar”.

Passo 3. Será enviado em e-mail de confirmação para o endereço solicitado. Clique em “Entendi”.

Passo 4. Vá até o e-mail e clique em “Validar e-mail” para concluir o cadastro.

Passo 5. Em seguida, volte à página inicial do Não Me Perturbe e clique em “Efetuar Login”. Informe o e-mail ou telefone cadastrado, coloque a senha e marque a caixa confirmando que não é um robô. Clique em “Enviar”.

Passo 6. Na página que se abrir, clique em “Novo bloqueio” para cadastrar o número de celular.

Passo 7. Digite o número do telefone e selecione as prestadoras e instituições financeiras que deseja bloquear. Confirme que não é um robô e clique em “Enviar”. O bloqueio será realizado em até 30 dias após a solicitação.

Como ativar o Não Me Perturbe estadual

Mesmo que o usuário tenha se cadastrado na lista nacional do Não Me Perturbe, é importante manter um cadastro ativo nos Procons estaduais e municipais. Essas listas permitem bloquear ligações de telemarketing de outros setores, como bancos, financeiras, imobiliárias e até funerárias.

Isto quer dizer que qualquer oferta ou publicidade de cunho comercial ou institucional, de qualquer empresa a nível estadual, será bloqueada. Esse sistema abrange mais empresas e instituições do que o sistema nacional. A exceção vale para entidades filantrópicas, que poderão continuar ligando para pedir doações.

Procon regional permite bloquear mais serviços do que serviço nacional — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Da mesma forma, é preciso entrar no site do Procon regional e fazer o cadastro por meio do e-mail e do CPF. O bloqueio será realizado em até 30 dias após a solicitação.

Bloqueio de telemarketing pelo Whoscall

O Whoscall é um aplicativo gratuito que permite ao usuário identificar e bloquear números desconhecidos sem precisar atender a ligação. Disponível para Android e iOS, o app conta com uma base de dados de números cadastrados do mundo todo. Cada vez que um consumidor recebe uma chamada, ele pode reportar quem ligou e alertar aos outros usuários, como se fosse uma comunidade de rede social.

Passo 1. Ao abrir o aplicativo, clique em “Começar” e aceite as definições de chamadas do aplicativo.

Baixe o aplicativo Whoscall e clique em “Começar” — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 2. Faça login com Facebook ou Google e selecione o DDD de origem. A seguir, a página principal será aberta. Nela estarão todas as últimas ligações recebidas pelo celular com identificação. Na parte inferior, clique em “Bloquear”.

Na página inicial, clique em “Bloquear” — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 3. Na aba que será aberta é possível bloquear números de acordo com operadoras, bancos e outros DDDs. Dá também para restringir números privados, internacionais e contatos que não estejam na lista do usuário.

No Whoscall, é possível bloquear números de acordo com operadoras, bancos e outros DDDs — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 4. Na parte de cima, é possível ver os números bloqueados. Dá também para criar uma lista com contatos permitidos, ou seja, números que poderão ligar para o aparelho.

O histórico de bloqueios e a lista de permitidos também ficam na aba de bloqueios — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 5. Para bloquear um número em específico, basta voltar à tela inicial e clicar em cima da chamada. Na página que se abrirá, clique em bloquear e reporte o motivo, para ajudar outros usuários. Dá também para enviar um relatório com informações sobre a chamada, o que ajuda usuários na hora de atender ou não a chamada deste mesmo número.

É possível bloquear números de forma individual no Whoscall — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Bloqueio de telemarketing pelo Truecaller

A exemplo do Whoscall, o Truecaller é um aplicativo gratuito para Android e iOS que permite bloquear chamadas e mensagens SMS. O app tem uma lista de números conhecidos por enviarem spam e alerta o usuário caso este receba uma legação desses números.

Passo 1. Ao abrir o aplicativo, clique em “Começar agora” e conceda permissão à agenda de contatos.

Ao abrir o Truecaller, clique em “Começar agora” — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 2. Insira o número do telefone e faça login com a conta Google ou Facebook. Se preferir, é possível inserir o nome manualmente.

Digite o número de celular e faça login — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Passo 3. Na página inicial do aplicativo serão exibidas as últimas ligações recebidas. Ao tocar no ícone de quem ligou, será aberta uma página que permite bloquear o número. O app também permite bloquear números ocultos, estrangeiros ou os mais denunciados. Para isso, basta clicar na aba “Bloqueando”, na parte inferior da tela.

Truecall permite bloquear números mais denunciados — Foto: Larissa Infante/TechTudo

Bloqueio de telemarketing pelo Smart Call, da Samsung

Os donos de celular Galaxy, da Samsung, podem ainda contar com mais uma opção para bloquear chamadas indesejadas. A função Smart Call está disponível em celulares a partir do Galaxy Note 20 e da interface One UI 2.5.

O serviço permite saber quem está ligando mesmo quando o número não está na lista de contatos. Isso porque a fabricante usa um extenso banco de dados de empresas e usuários para identificar ligações indesejadas e rejeitá-las automaticamente.


Fonte: Conexão Amazônica.

Deixe uma resposta