IML identifica travesti morta em motel de Manaus; e Policial Militar é o principal suspeito do crime

IML identifica travesti morta em motel de Manaus; e Policial Militar é o principal suspeito do crime
Foto: reprodução.

O corpo da travesti assassinada dentro do motel no inicio da madrugada de sábado (13/02) foi identificada. Trata-se de Otto de Souza Rodrigues,25 anos, mais conhecida como nome social “Manuella Otto”. Ela foi identificada pela a mãe após contato do Instituto Medico Legal (IML).

Conforme laudo medico, Manuella Otto foi morta com um tiro nas costas que atravessou o tórax, além de um tiro no braço esquerdo, em quarto de motel “Minha Pousada” na avenida Sumaúma, bairro Monte da Oliveira, zona Norte de Manaus.

Foto: reprodução.

Câmeras de segurança do estabelecimento registraram um homem fugindo em um carro Chevrolet Prisma de cor branca, e placa PHJ 1418, O veiculo pertence ao policial militar Jeremias da Costa Silva, lotado na 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Nas imagens, o homem tenta fugir por volta das 01h34 sábado, porem o portão de saída foi trancado por funcionários do motel após ouvir o barulho de tiros. Incomodado, o cliente faz ameaças e depois arromba a porta com o carro fugindo do local.

Foto reprodução.

A equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deu inicio as investigações e solicitou junto a justiça o mandado de prisão temporária desfavor, do policial militar, então, apontado como principal suspeito do crime.

Os levantamentos preliminares dão conta que Jeremias estava afastado das atividades policiais por conta de problemas de saúde. Ele também possui histórico de desavenças com colegas de farda, principalmente, principalmente quando ingeri bebidas alcoólicas.

Foto: reprodução.

Há rumores também que o policial seria usuário de cocaína. Até o momento Jeremias não foi encontrado e segue foragido. A DEHS continua investigação sobre o caso. Com informações do Portal A Critica.

—————-

Fonte: Portal O Abutre.

Deixe uma resposta