100 dias: David Almeida é pior prefeito da Amazônia em notícias sobre gestão pública, mostra Google

100 dias: David Almeida é pior prefeito da Amazônia em notícias sobre gestão pública, mostra Google

Um levantamento feito junto ao Google Notícias (uma ferramenta do sistema Google) apontou que o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), foi o pior em desempenho de imagem entre os gestores das capitais da Amazônia nos primeiros 100 dias de gestão. A pesquisa analisou os nomes dos prefeitos e das cidades que eles representam com base nas ações das administrações municipais registradas na Internet.

Pela avaliação dos dados, o prefeito de Belém (PA), Edmilson Rodrigues (Psol), é considerado o melhor em inserções positivas no período de 1º de janeiro a 10 de abril de 2021. David foi eleito nas eleições do ano passado com uma diferença de, aproximadamente, 22 mil votos no segundo turno do pleito.

O parâmetro da pesquisa utilizou uma amostra de 200 publicações no Google Notícias nos últimos 100 dias dos nove prefeitos das capitais da Amazônia Brasileira, são eles: o prefeito de Boa Vista (RR), Arthur Henrique (MDB); o prefeito de Cuiabá (MT), Emanuel Pinheiro (MDB); o prefeito de Macapá (AP), Antônio Furlan (Cidadania); a prefeita de Palmas (TO), Cinthia Ribeiro (PSDB); o prefeito de Porto Velho (RO), Hildon Chaves (PSDB); o prefeito de Rio Branco (AC), Tião Bocalom (PP); o prefeito de São Luís (MA), Eduardo Braide (Podemos), além dos prefeitos de Belém e Manaus.

Dos gestores analisados neste cenário, David “emplacou” 31% em matérias negativas, isto é, a cada 10 matérias encontradas do prefeito na rede Google, pelo menos três apontavam denúncias e críticas contra a gestão dele na primeira experiência como mandatário eleito do Executivo. Almeida foi deputado estadual do Amazonas por três mandatos (12 anos) e ficou interinamente à frente do governo do mesmo Estado em 2017 (quatro meses).

A pesquisa analisou a imagem dos prefeitos com base nas ações nas administrações municipais (Arte/Revista Cenarium)

O episódio envolvendo a pauta sobre os “furas-filas” da vacina contra a Covid-19 em fevereiro foi o principal responsável pela imagem negativa do prefeito na internet, que rendeu a ele até um pedido de prisão e afastamento do cargo, ações formuladas pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

O programa Fantástico, da Rede Globo, veiculou matérias sobre os “fura-filas” na gestão de David Almeida (Reprodução/TV Amazonas)

Em consulta aos processos neste sábado, 10 de abril, não se encontrou análise final sobre o assunto pela Justiça do Amazonas. O assunto dos “fura-filas” rendeu pauta na imprensa nacional e a imunização contra o coronavírus foi suspensa pelo menos duas vezes em fevereiro.

Uma das matérias nacionais negativas sobre a Prefeitura de Manaus (Reprodução/CNN)

Além das matérias negativas, o prefeito de Manaus registrou no Google Notícias 48% de matérias neutras e o restante, 21%, matérias positivas. Na próxima segunda-feira, 12, David Almeida concederá uma coletiva à imprensa para fazer o balanço da gestão, informou neste sábado, 10, a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom).

Pauta positiva

De Belém, o comunista Edmilson Rodrigues apresentou o melhor desempenho de notícias positivas sobre sua gestão na rede Google, com um percentual de 6% de notícias negativas, 62% de neutras e 32% em inserções positivas. Ao contrário de David Almeida, a Covid-19 foi o que elevou a imagem do prefeito paraense e da cidade que ele representa.

Ações da Prefeitura de Belém estão entre as pautas positivas que foram encontradas no Google Notícias (Reprodução)

Edmilson Rodrigues conseguiu sair na frente e foi o primeiro prefeito da Amazônia a antecipar o Plano de Imunização contra a Covid-19 na primeira semana de janeiro de 2021. Também, foi um defensor da vacina antes de assumir a gestão e executou ações para conter o vírus na capital paraense.

Desempenho geral

Seguindo a ordem dos gestores de capitais da Amazônia Brasileira que tiveram desempenhos negativos na rede Google, depois de David Almeida, aparece o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, com 25% de inserções no vermelho, 13% positivas e 62% neutras.

Em terceiro ficou Antônio Furlan, de Macapá, com 20% de matérias negativas no Google Notícias, 11% positivas e 69% neutras. Com nomeações e demissões polêmicas, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), teve 18% das notícias negativas, 16% positivas e 66% neutras.

De Boa Vista, Arthur Henrique registrou 14% de inserções no vermelho, 19% positivas e 67% neutras. Depois dele, aparece Hildo Chaves de Porto Velho com 11% de matérias negativas no Google Notícias, 22% positivas e 67% neutras.

A prefeitura Chíntia Ribeiro da capital de Tocantins alcançou 10% em dados jornalísticos negativos no Google, 25% de matérias positivas e 65% neutras. E, por fim, o prefeito da capital maranhense Eduardo Braide ficou com 8% de inserções negativas na rede, 28% positivas e 64% neutras.

Os nomes dos prefeitos das nove capitais que compreendem a região amazônica não foram avaliados entre si, mas individualmente, conforme inserções no sistema Google.

Google Notícias

O Google Notícias é um agregador de notícias e aplicativo desenvolvido pela Google. Ele apresenta um fluxo contínuo e personalizável de artigos organizados a partir de milhares de editores e revistas. O Google Notícias está disponível no Android, no iOS e na Web.


Fonte: Revista Cenarium

Deixe uma resposta