Satélite da Nasa detecta avanço anual de queimadas em Apuí, no Amazonas

Satélite da Nasa detecta avanço anual de queimadas em Apuí, no Amazonas

MANAUS – Um satélite da Agência Americana de Aeronáutica e Espaço mundialmente conhecida pela sigla Nasa (National Aeronautics and Space Administration), que monitora simultaneamente vários focos de incêndio ao redor do planeta, colocou em destaque o avanço de queimadas ilegais na região de Apuí (a 408 quilômetros de Manaus, no Sul do Amazonas). Os dados foram acessados nesta quinta-feira, 23.

Portanto, no texto da Nasa, a visualização de Apuí, mostra incêndios na Amazônia brasileira em 19 de julho de 2018, e no mesmo dia em 2019 e 2020.

Anomalias térmicas

Segundo a agência espacial americana, “anomalias térmicas” e incêndios no mundo são acompanhados pelos satélites. Mas, para os técnicos, anomalias são indícios de incêndios ou fontes de calor significativas.

O Sistema de Informações de Incêndio para Gerenciamento de Recursos (sigla inglesa FIRMS) fornece acesso às mesmas informações de incêndio derivadas de satélite de algumas maneiras diferentes.

O Mapa de Incêndios da FIRMS fornece informações adicionais, como a capacidade de identificar características de pontos de incêndio individuais e informações de áreas queimadas.

Os dados de incêndio também estão disponíveis para download em formatos de arquivo fáceis de usar, e o FIRMS fornece um serviço de alerta por e-mail de incêndio, onde podem ser especificados recebimentos de alertas para áreas de interesse.

Fonte: Revista Cenarium

Deixe uma resposta