25 de novembro de 2020

Professores seguem em greve

Professores seguem em greve

Em assembleia pública na manhã desta segunda, dia 26, filiados do Asprom/Sindical (Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus) decidiram que vão recorrer ainda hoje, assim que notificados, da liminar da Justiça que determina a suspensão da greve iniciada na quinta, dia 22.

A informação foi divulgada pela TV Amazonas.

Enquanto isso, o movimento de paralisação está mantido, conforme decisão da assembleia do Asprom, realizada na praça da Polícia, no centro de Manaus.

Por conta da greve também deflagrada por outro sindicato da categoria, o Sinteam, as escolas estaduais não tiveram aula na manhã desta segunda. Seriam cerca de 600 unidades, na capital e no interior, que não funcionaram hoje.

O Governo do Estado recorreu à Justiça contra o Asprom por não considerá-lo legítimo para representar os professores.

A categoria reivindica o pagamento de cerca de 30% de atrasados e também o reajuste anual, além de outros benefícios.

Nesta segunda, os dois sindicatos programaram várias atividades em todas as zonas da capital.

Foto: Reprodução/TV

Deixe uma resposta